A dona da barriga

 Ana Paula Sena, formada em Jornalismo pela Universidade Federal da Bahia, que trocou a Comunicação pelo Direito, o Direito pela Música e, agora, tudo isso pela maternidade.  Imaginem se quando eu soube que uma das minhas filhas gêmeas tinha síndrome de Down eu tivesse dito:

– não, Dr., eu não estou preparada para ser mãe de uma criança portadora de necessidades especiais. Na minha casa não há nem mesmo um quarto especial, onde eu possa colocá-la para brincar separadamente da irmã. Eu ainda preciso construir um quarto de recursos, comprar material didático e fazer duas pós-graduações para ser mãe de uma criança com síndrome de Down.

 Uma atitude destas é praticamente inimaginável! Mas são estes os argumentos que os pais e mães de crianças com deficiência continuam ouvindo, ao se depararem com a dificuldade de terem seus filhos matriculados na rede regular de ensino. Não vou negar que senti um medo enorme, sem saber como seria a minha vida dali pra frente com uma criança com deficiência. Mas peguei minhas duas meninas nos braços, uma de cada lado, e parti decidida a oferecer-lhes o melhor de mim. Sem distinção.

Não podemos nos preparar para a inclusão, não há tempo pra isso. Trata-se de abrir os braços e receber a diversidade humana como a nossa maior dádiva, tirando as pedras do caminho para que outros também possam aproveitá-lo.

A primeira pedra que deve ser removida é aquela colocada sobre os nossos valores. Quando falamos de preconceito, costumamos atribuí-lo ao outro, mas infelizmente ele faz parte da nossa herança cultural. Desconfiamos, simplesmente, daquilo que não conhecemos. Somos preguiçosos, e preferimos o conhecimento comum estereotipado à experiência única da convivência com o outro.

É esta pedra que eu convido vocês a removerem. Graças às minhas filhas, já estou conseguindo dar cabo da minha.

Minhas filhas, de mãos dadas pela inclusão

Minhas filhas, de mãos dadas pela inclusão

52 Respostas para “A dona da barriga

  1. adilson borges

    Uau! Que alegria, Ana Paula, saber que nossos contatos serão mais constantes. Adorei o blog.
    E, sobretudo, as meninas e sua coragem para enfrentar a vida sem frescura, mas com cabeça fresca. Beijos

    • barrigainclusiva

      Adilson,
      De tudo que a Internet trouxe de bom, nada se compara à possibilidade de reencontrar pessoas que saíram do nosso dia a dia, mas não do nosso coração.
      Garanto que você vai gostar ainda mais das meninas, quando conhecê-las pessoalmente!
      Um abraço!

  2. Maravilha, querida! Adorei o blog. Beijão

    • barrigainclusiva

      Hilcélia,
      Que bom que você gostou! E obrigada pelo link no seu blog. Já estão me encontrando através dele!
      Espero que este seja apenas o início de um enriquecedor diálogo.
      Um abraço

  3. Eliane Hirata Prado

    A Luiza é Down e tem 2 anos. Ainda não anda, mas está doidinha para isso. Ela é a minha alegria, aliás, da minha família !
    Onde vai só traz sorrisos !! As pessoas nos reconhecem por causa dela.
    Um beijo e felicidades para você a para as suas duas filhas queridas e lindas !!

    • barrigainclusiva

      Eliane, obrigada por visitar nosso blog. A Luiza com certeza é uma criança muito amada, por isso espalha alegria por onde anda. Mande notícias quando começar a correr atrás dela…
      Um abraço pra vcs!
      Ana Paula

      • Eliane

        Oi Ana !
        A Luiza começou a andar em abril, na semana do meu aniversário ! Viu só que presentão ?!
        Ela está se achando e agora é correr atrás…
        Ela é tão divertida…
        E suas garotas como estão ?
        Um beijo !

      • barrigainclusiva

        Oi Eliane!
        Parabéns pra você e pra Luiza! Eu te disse que em breve vc iria correr atrás dela🙂
        Agora é hora de ir conquistar o mundo. Muita diversao pra vcs pelo caminho!
        As meninas estao ótimas, obrigada.
        Um bjo enorme pra vcs!

    • Patricia Anhão

      Olá Ana Paula,
      Não sei se vc ainda se lembra de mim. Fiz aquela pesquisa sobre crianças com Síndrome de Down na USP de Ribeirão Preto e fiquei de entrar em contato, mas perdi o seu e-mail devido a um probleminha no meu computador. Gostaria muito de responder as perguntas que vc havia me feito mas perdi tudo. Quando puder me mande novamente, por favor.
      Muito Obrigada e até.

  4. Maria Elisa

    Oi Ana Paula….
    estarei sempre por aqui…
    adoro seu blog e o que você escreve…
    beijo…

  5. Cristiane Lucena de Sena

    Ola Paula,

    Parabens.
    Tuas filhas sao lindas e maravilhosas e com certeza motivo de muito orgulho e alegria para todos nos.E muito parecidas comigo quando era pequena.

    Beijo no coracao para todos

    • barrigainclusiva

      Oi Titi!
      Que bom receber o seu comentário no meu blog!! Sabe que é uma coisa que a gente diz aqui todo dia, como principalmente Nathalia parece com vc! Os olhos grandes e expressivos… Espero que vc possa conhecê-las em breve.
      Tudo de bom pra vc e os meninos!
      Um beijo no coração pra vcs também!
      Paulinha

  6. rosangela

    Oi, Paula!!
    Sophia e Nathalia estão lindas.
    Amooo essas meninas!!!
    Bjss!!!

  7. Lúcia Dantas

    Olá Ana Paula,
    Tive acesso ao seu blog por indicação do Profoco (Inst. Pestallozzi). Adorei!
    Sou professora da disciplina Educação Inclusiva nos cursos de Pedagogia e Normal Superior e também coordeno um curso de especialização em Educação Inclusiva.
    Tomei a liberdade de indicar o seu Blog para os meus alunos visitarem. Espero que isto não te aborreça, mas o seu texto é exatamente o que eles precisam ler para entender que ninguém “se prepara” para receber crianças especiais, seja na família, seja na escola. Eles precisam de parar com a desculpa que não estão “preparados” para isso. Afinal de contas, como vc mesma fala, ninguém pára a vida para se preparar: estrutura física ambiental, cursos de pós-graduação etc, para poder receber esses seres tão especiais. Os obstáculos vão sendo superados no dia-a-dia, assim como não há um receituário de como lidar com eles, pois cada criança, seja especial ou não, é diferente da outra. Temos, sempre, que considerar as suas individualidades.
    Suas filhas são lindas!
    Beijos para vc e para elas.
    Lúcia Dantas

    • barrigainclusiva

      Olá Lúcia!
      Muito obrigada pela sua visita ao nosso blog e pelo seu comentário. Não só não me aborreço, como fico lisonjeada com o fato de vc indicar o nosso blog como leitura para os seus alunos. Estamos na Internet para isso, para que mais pessoas leiam e discutam estas idéias. Apesar de todas as dificuldades e desafios, nosso mundo caminha sim para a inclusão, e não dá mais pra fazer de conta que as pessoas com deficiência não existem, este tempo está ficando pra trás. A melhor forma de se preparar é ter vontade de oferecer-lhes todos os recursos da educação disponíveis, como para quaisquer alunos.
      Um beijo grande e parabéns pelo trabalho.
      Ana Paula

  8. Ana

    Simplesmente, encantada! Há momentos em que as palavras são desnecessárias, a página é pura inspiração…
    Um super abraço,
    Ana Floripes

  9. Sou aluna da professora Lúcia Dantas e vim observar a indicação dela e achei sua história um exemplo maravilhoso, você esta de parabéns, é uma mãe magnífica, um exemplo de mulher.
    As pessoas rotulam as outras como se fossem objetos e na verdade todos tem sentimentos, coração e capacidade de aprender.
    Beijos nas meninas e um grande abraço.
    Parabéns…

    • barrigainclusiva

      Andréa,
      a participação da sua professora Lúcia Dantas, e agora a sua, me trazem muita alegria. Vcs são agentes importantes no processo de inclusão, e esta é a prova de que uma nova geração de educadores se forma, mais comprometida com a tolerância e o respeito pelo outro. Continue acreditando nisso, que todos tem capacidade de aprender. Este é o primeiro pré-requisito de um bom educador.
      Um beijo pra vc também e muito sucesso!!

  10. marianacarneiro

    Irmazinha, passei só para lembrar mais uma vez do nosso amor enorme por vcs.
    Fiquei com saudade das meninas ao ver estas fotos lindas!
    Parabéns pelo blog, mais uma vez. Tá ficando cada vez melhor. Que essa semente que vc plantou se dissemine rapidamente! Acho que várias pedras já devem estar rolando ladeira abaixo.
    Bjs meus, de Fê e Gui

    • barrigainclusiva

      Irmãzinha,

      eu me sinto muito feliz por ter o amor de vcs. E uma irmã de verdade, com quem a gente não dividiu a barriga, é um tesouro pra se cuidar.
      Bjos nossos pra vcs também!

  11. Graciete Ferraz

    Olá Ana Paula!
    Boa noite!
    Agradeço à professora Lúcia Dantas, pela indicação desse Blog, pois sou aluna de Pedagogia e estamos pesquisando e debatendo a INCLUSÃO SOCIAL; e, é muito enriquecedor, para nós , estudantes e principalmente como seres humanos conhecer outros mundos, além do “nosso” dito como NORMAL.
    Vc exemplifica que somente o amor incondicional é o maior responsável pela retirada de todas as pedras pesadas do caminho.
    Parabéns, mulher guerreira!
    Bjs,

    Gal

    • barrigainclusiva

      Gal,
      obrigada por visitar nosso blog e pelo seu comentário. O meu grande sonho, que tento humildemente dividir com outras pessoas neste blog, é de alcançarmos o dia em que não será mais preciso falar em inclusão. Os diversos “mundos” deixarão de existir e finalmente entenderemos que fazemos parte de um mundo só.
      Agradeço à sua professora e aos seus colegas, que tem feito deste blog um espaço de pesquisa e consulta. Ele é resultado de um grande amor, mesmo.
      Obrigada mais uma vez!!
      Bjos,
      Ana Paula

  12. Cassia

    Aninha,
    Parabéns pela brilhante iniciativa!
    Precisamos suscitar nas pessoas o amor pelo outro independente de suas limitações. Acredito que cada um de nós, possui um defeito, uma “deficiência”… posso citar vários: a mentira, a ira, egoísmo, insegurança, incertezas, medo, tristeza, traumas, depressão, desânimo, complexo de inferioridade….são tantas as deficiências.
    Mais uma vez: Parabéns!!!
    Que Deus lhe capacite a levar esse amor e sabedoria a muitas e muitas pessoas, principalmente àquelas que precisam crescer como pessoas, como seres humanos…

    • barrigainclusiva

      Cássia,
      antes de tudo obrigada pela visita ao blog e pela sua participação. A diversidade humana é a nossa maior dádiva, e ainda estamos muito longe de compreendê-la e aceitá-la. Mas estamos caminhando…
      Um grande bjo pra vc!!

  13. Vivi Reis

    Ola’ Ana Paula, sou Vivi…nao mais so’ Vivi, mas a Vivi mae do Joao Pedro e da Maria Clara…rs…
    O Joao Pedro esta’ com 3 anos e a Clarinha 8 meses. A Clarinha tem Sindrome de Down, embora eu ache que tenham errado o diagnostico, pois na minha opiniao ela tem mesmo é Sindrome de Cinderela, pois vive perdendo um dos sapatinhos que esta’ usando. Gostaria muito de trocar umas figurinhas com vc com relação à estímulos e novas descobertas (principalmente EUA e Inglaterra) sobre metodologias, vitaminas…enfim, o que pode ajudar nossas lindas pequenas princesas à se desenvolverem e alcançarem a independência. Nao gostaria que a Clarinha fosse sempre vista pela sociedade como “café com leite” (lembra das brincadeiras de pequena que fazíamos e o menorzinho, que nao entendia nada podia brincar, mas era considerado café com leite?, pois é…). E nem menos gostaria que ela fosse “aceita” por determinados orgaos ou empresas porque a lei obriga. Minha intenção e luta como mae é e serà para que ela tenha recursos e habilidades para fazer algo que ela goste e que saiba fazer bem, sem precisar da piedade dos outros.
    Quero muito falar contigo…e como disse antes, trocar umas figurinhas. Vc conhece centros em S. Paulo que atendem bebes com SD e tem tratamentos alternativos com estudos comprovados de resultados positivos, tipo…musicoterapia, outros tipos de terapia que normalmente nao sao utilizados?
    Obviamente sei que SD nao tem cura, mas tem tratamento…entao…NAO QUERO PERDER TEMPO! O futuro da minha filha daqui a 5 anos, depende do meu empenho HOJE!
    Um grande beijo no teu coração de mae do meu coração (as vezes apertado por me sentir impotente).
    Vivi…la vita.
    p.s. vc tem meu e-mail, se quiser pode responder la’ ou aqui…como preferir.
    p.s.2 suas filhas sao lindas, 2 princesas.
    p.s.3 desculpe-me a falta de acentos…Ai, esses computadores…
    p.s.4 mais beijos…

  14. ANA PAULA
    Como pai também aprendi a conhecer os outros lados de nossos filhos, com e sem deficiencia,e tive o prazer de incluir seu blog na relação dos meus sites no Blog InfoAtivo.Defnet, desde seu princípio… pois outras mães podem encontrar algumas respostas às suas vivências emocionais ao acessar sua história e as informações que difunde.
    UM DOCE ABRAÇO às suas Filhas e você
    Dr. Jorge Marcio P Andrade
    Campinas SP

    • barrigainclusiva

      Dr. Jorge,

      quando resolvi iniciar este blog pensei muito mesmo antes, não tinha certeza se queria falar tão abertamente da minha vida e das minhas emoções. O que mais me motivou foi a ajuda que recebi através de outros pais e mães de crianças com síndrome de Down e outras deficiências. O blog ainda está muito distante do meu ideal, mas os sonhos são mesmo assim, começam pequenininhos e são alimentados ao longo do tempo, amadurecidos, lapidados… até nos darmos conta de que os sonhos são a nossa realidade em construção. Assim é a nossa sociedade inclusiva, que se constrói todos os dias alimentada por nossos sonhos.
      Agradeço por ter incluído o nosso endereço no seu blog, como diz o ditado, “diz-me com quem andas e eu direi quem és”. Parabéns ao seu trabalho, que graças á Internet eu pude conhecer.
      Um doce abraço a você e aos seus filhos
      Ana Paula

  15. IVAN HONORATO

    Ola Ana Paula
    Já respondi seu email, e agora vim olhar o blog
    adorei ver as fotos de suas filhas, tenho duas também, porém com diferença de idade e me lembrei quando faziamos um exercicio de reorganização na Fernanda, minha outra filha tinha 4 aninhos, eu ficava de um lado da Fernanda e minha esposa do outro e faziamos um movimento como natação e Francine participava fazendo os movimentos da cabeça, sempre lutamos muito, mas acho que valeu a pena “E COMO VALEU”, hoje Fernanda tem 29 anos, Trabalha, como reporter do Programa Especial da TV BRASIL, é atriz do GRUPO TEATRO NOVO, e pratica natação participando do Projeto estadual “BOLSA ATLETA” e além disso tudo eu tenho certeza que ela é muito FELIZ.
    Beijo no seu coração da Familia Honorato
    Ivan e Carminha, Francine e Fernanda Honorato.

  16. Patricia Anhão

    Por favor me envie o seu e-mail, pois perdi todas as informações do meu computador e gostaria muito de responder aquelas perguntas que vc havia me mandado. Ps: Sou aquela pesquisadora de inclusão da USP de Ribeirão Preto.
    Abraço.

  17. Você lau o artigo sobre TEIMOSIA e síndrome de Down ?! Onde anda voce … e as princesas ?!

  18. Lily Santos

    Oi Ana Paula!
    Estamos sentindo falta das sua matérias, fiquei sabendo que Sophia está linda e muito sapeca.
    Volte logo a nos presentear com seus lindos textos e reflexões!
    Um grande beijo pra você e as meninas!

  19. Adorei teu blog!
    Também acredito que não há tempo para nos prepararmos para a inclusão. É aceitar ou aceitar, não há outra opção. Quando abrirmos nosso coração e pensarmos que todos somos pessoas, filhos de um mesmo Deus, que estamos nesta vida para ajudarmos uns aos outros, descobriremos que precisamos de tanta ajuda quanto os deficientes.
    Suas filhas são lindas. Que família especial, parabéns!

    • barrigainclusiva

      Zulmira,
      obrigada por visitar nosso blog e pelo seu comentário. Estou em falta, há seis meses nao publico nada e vou comecar a correr para recuperar este tempo.
      Fico feliz que a mensagem chegue a pessoas como vc.

      Um beijo grande!

  20. Lília

    Oi, Ana Paula!!! Fiquei muito feliz com seu blog. Muito lindo e suas filhas mais lindas ainda. Que fofas! Esse convívio que elas tem entre si vai ser muito importante pro desenvolvimento e amadurecimento delas. Sua vida tem sido exemplo para muita gente, que Deus continue te enchendo de amor, renovando sua saúde e disposição, sua esperança em dias melhores.
    Vou te enviar uns artigos sobre Down, espero que goste.
    Não entendi: seu e-mail é ymail ou gmail? na mensagem saiu com y… Confirma pra mim, por favor.
    Um grande beijo e um feliz 2011!!!!

    • barrigainclusiva

      Lília,

      Adorei sua visita e fico muito feliz que tenha gostado do blog.
      Amor, saúde e disposição… De que mais a gente precisa?🙂
      Vou ficar aguardando os artigos, o e-mail é aquele que te mandei mesmo.

      Bjos pra vc tb e um Feliz Ano Novo!!!

  21. inajara

    Ana Paula
    muito legal teu blog Ana aprendo muito contigo .

  22. Posso dizer tambem que graças a meu filho
    Rodolfo hoje com 24 anos, ja dei cabo das minhas pedras.
    Parabens adorei o seu blog.
    Que Deus a ilumine sempre.
    Um forte abraço,
    Maristela.

    • barrigainclusiva

      Maristela,
      Muito obrigada pela sua participação no meu blog.
      A você e Rodolfo toda a sorte e felicidade.
      Através do blog, só quero mostrar que através da inclusão o privilégio que nos foi dado, através dos nossos filhos, de olhar além dos próprios preconceitos, pode ser estendido a todos.
      Que Deus a ilumine também!!

      Um abraço!

  23. Olá amigas – Estou terminando um romance; sou escritor, e fiquei com uma dúvida, pois no final da história, o casal do enredo principal teria filhas gêmeas, e uma delas seria especial, teria síndrome de down. Depois me caiu a dúvida: seria possivel, em filhas gêmeas, só uma ser assim? Gostaria, por favor com todo respeito e carinho, de uma informação a respeito. Seria possivel? Aguardo retorno. Deus lhes pague. Obrigado. Abraços. Longa vida. Silas Correa Leite, poeta, professor – http://www.portas-lapsos.zip.net

    • barrigainclusiva

      Caro Silas,

      estou retomando aos poucos o blog, por isso seu post ficou tanto tempo sem reposta. Espero que ainda possa ajudá-lo. É possível, sim, numa gravidez gemelar bivitelina, que um bebê tenha a síndrome de Down e o outro nao. Este foi o caso das minhas filhas. Boa sorte com o seu livro!!

      Um abraço!

  24. Monika Schülter

    Paulinha, quem diria, voce ser mamae de duas menininhas tao lindas. Que grande exemplo e oportunidade Deus lhe deu quando presenteou-a logo com duas, iguais e diferentes ao mesmo tempo. Só à pessoas muito especiais ele oferece esta bencao. Te desejo sempre muita alegria e serenidade e tenho certeza que o carinho e amor dessas duas jóias a fará se sentir recompensada por quaisquer sofrimentos. beijo no teu coracao, Monika

    • barrigainclusiva

      Querida Monika,

      obrigada pela visita ao blog, muito mais por suas palavras cheias de carinho. O sentido que as minhas filhas deram à minha vida só pode ser entendido por outra mae com a sua sensibilidade.
      Bjo grande pra vc!

  25. bruna

    Ola,adorei seu blog…Tenho um filho que se chama Guilherme, e ele é tudo na minha vd é um presente de Deus.Ele tem 7 meses, é o chamego de todos da família.

    • barrigainclusiva

      Olá Bruna,
      O blog está paradaço… mas estou voltando com toda força. Espero tê-la conosco novamente.
      Um abraço,
      Ana Paula

  26. Olá, Ana Paula🙂

    Vc já conhece o projeto “Por que Heloísa?”, que divulga a inclusão de crianças com deficiência em escolas comuns da rede de ensino?

    Dê uma olhadinha aqui:

    http://www.porqueheloisa.com.br

    e aqui:

    https://www.facebook.com/por.que.heloisa

    Um beijo em vc e nas meninas!

    Cris

    • barrigainclusiva

      Oi Cris,

      não respondi o seu comentário, mas cliquei imediatamente no link. Emocionante, lindo, adorável. Me apaixonei à primeira vista.
      Obrigada pela dica.
      Um beijo,
      Ana Paula

  27. São lindas,que Deus as abençoe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s